Categoria: "Saúde"

Prós e contras de usar compras coletivas no seu negócio

Publicado por juxignacio em 02/abr/2013 - Sem Comentários

Sempre que surge uma ferramenta, há um alvoroço no mercado que passa a usá-lo desenfreadamente julgando ser a solução para todos os problemas. Esse foi o caso de muitas clinicas e salões que embarcaram nesta ideia. Por isso, reunimos os Prós e contras de se usar esse tipo de marketing. Desta forma, antes de colocar seus serviços neste canal de compra avalie o que nossos especialistas dizem abaixo:

 
 
Só este ano,  20% dos sites de compras coletivas brasileiros já fecharam as portas, mas como é um assunto que ainda está em alta (o Facebook recentemente anunciou sua entrada neste mercado), ainda tem empreendedor achando que é um bom negócio investir e empresas têm usando erroneamente em seu planejamento de marketing. Num primeiro momento quando se conhece esses sites a ideia parece muito legal. O cliente passa a ficar ligado nessas promoções e comprar aquilo que realmente lhe interessa. Porém, foi na hora de usar os cupons de desconto, começa a perceber alguns agravantes que não casam com essa cadeia perfeita de publicidade e venda .O problema é muito simples de se imaginar. Digamos que você tenha comprado uma Sessão de 4 tipos de procedimentos estéticos por 35 reais quando na realidade ele vale 150. Uma verdadeira pechincha. Ao chegar à clinica, você logo apresenta o cupom de desconto. Ao dizer que está com o cupom de desconto, o semblante da atendente muda. O sorriso some. Ele chama a profissional que irá lhe aplicar as massagens e diz “Olha, você tem 4 tipos de massagem cada dura 10 minutos, hein! Ou seja uma massagem que duraria 60 minutos se você tivesse comprado fora da promoção, irá durar apenas 40 minutos e tudo muito corrido.
Por isso, precisomos falar desse assunto mais uma vez e irei utilizar um artigo da revista INC. e ir direto ao ponto: 5 vantagens e 5 desvantagens de usar compras coletivas para promover seu negócio.
 
Vantagens
1. Atrai um monte de clientes
Não há dúvida que é uma grande maneira de atrair novos clientes, uma vez que a empresa tenha como prever e se planejar para atender a demanda. Como muitos clientes que compram já são clientes, o que acaba acontecendo é que você vende algo pela metade do preço para pessoas que costumavam pagar o preço cheio.  O professor de marketing Utpal Dholakia diz que esses sites funcionam melhor em promoções que não canibalizem vendas para seus atuais clientes.
2. Promove o  negócio
Eu não sou um dos maiores fãs de compras coletivas, mas adorei conhecer uma casa de chá que, caso contrário, não teria conhecido se não fosse através desses sites. Pouca gente sabe, mas o foco de Andrew Mason ao criar o Groupon sempre foi os pequenos estabelecimentos comerciais de Chicago, uma cidade grande, cheia de oportunidades e, como toda capital, lugares desconhecidos. No Brasil, tem muita empresa relativamente grande, com bons investimentos em propaganda, usando o Groupon para promover seu negócio. Funciona perfeitamente em empresas com pouca verba publicitária, nas demais nem tanto.
3. Ajuda a escoar
Aquela coleção antiga, aquele produto de pouca aceitação, aquele dia de pouco movimento… sites de compras coletivas podem ajudar a melhorar suas baixas. Particularmente, acredito que essa é uma das melhores estratégias. Especialmente, se for uma maneira de incentivar vendas de outros produtos adicionais. Mas só de vez em quando!
4. Constrói relacionamentos
As empresas devem ter mente que levar as pessoas para dentro da loja é só começo de uma árdua relação com o cliente, em que um está sempre está agradando o outro. Cada visita do cliente tem apenas um objetivo: fazê-lo volta uma outra vez. Uma dica do professor Dholakia é conceder benefícios para futuras visitas. Agora uma percepção minha: a primeira vez, por mais marcante que seja, não cria o hábito. Faça o cliente ir uma segunda e uma terceira vez e ele provavelmente voltará outras por conta própria.
5. Aumenta o faturamento
É muito importante que antes de fazer uma promoção dessas, a empresa faça estimativas de vendas e conheça seus custos para saber se é um bom negócio. Segundo a INC., sites de compras coletivas funcionam melhor em negócios de baixo-custo ou que possuem uma estrutura de custo fixo — ou seja, o custo de atender 1 ou 10 clientes é o mesmo.
Desvantagens
1. Atrai caçadores por descontos
Uma das principais causas da baixa retenção de clientes é que a maioria só está atrás de uma boa barganha. Diferentemente de uma transação normal, muitos compram não por desejo ou necessidade, mas por mero impulso. Como perder aquele rodízio de sushi de apenas R$20,00 ? Talvez você nem goste tanto de sushi, mas é tão barato que as pessoas não resistem. Mais do que caçadores de descontos, as pessoas se viciaram na barganha.
2.  Machuca a marca
Se baixa margem de lucro (ou prejuízo) não for suficiente, pense na marca. Infelizmente, para a maioria das empresas a marca sempre vem depois das vendas. A marca é talvez a a maior prejudicada no mal uso dos cupons de descontos. Descontos não aumentam lealdade de marca, tampouco a lembrança. Criam consumidores movidos a estímulos, muito sensíveis a preço e que afetam negativamente a imagem da marca. Uma das frases que eu cito sempre “desconto” vem à mesa é do professor de marketing da London Business School, Mark Ritson:“Quanto mais agressiva é a promoção de vendas, mais prejudicada é a marca.”
 
3. Não faz os clientes voltarem
Um dos maiores mitos que os empresários acreditam, é que os clientes voltarão depois. Segundo o Groupon, apenas 22% voltam. Isso pode ser menor ou maior dependendo da categoria. O segredo é criar artifícios para força-los a voltar.
 
4. Não é lucrativo
No Brasil, o Groupon fica com 60% do preço e o Peixe Urbano 50%.  Essa margem é tão alta que quase qualquer negócio perderá dinheiro ao anunciar em sites de compras coletivas. Isso sem levar em consideração que o preço já está incrivelmente abaixo do de tabela. O objetivo de usar os sites de compras coletivas como ferramenta de marketing é qualquer outro, menos lucro.
5. Existe outras opções
Não é porque virou febre que a empresa precisa fazer. Como já disse, há duas coisas muito valiosas em jogo: dinheiro e clientes. Se não for bom para o seu caixa e nem para a sua base de clientes, não tem motivos para fazer. É preciso definir um objetivo e atacá-lo com a melhor ferramenta (provavelmente um conjunto delas) — e o marketing dispõe de inúmeras, mas nenhuma delas fará milagre sem um bom planejamento por trás.
 
 
Fonte: Casa do Esteticista – A melhor maneira de comprar pela Internet !!!
 
Loja Centro
Rua Armando Sales Oliveira, nº 7 – Centro – RJ
(em frente à Rua da Alfândega, nº 165 / em frente ao metrô da Uruguaiana, saída Alfândega)
Tels: (21) 2222-1819 / Televendas (21) 3852-7640
 
Loja Barra da Tijuca
Avenida das Américas, 3.665 – 2º piso Lj 204 – Barra da Tijuca – RJ
(Shopping Barra Square Expansão)
Tels:(21) 2499-1143